Como parte do plano de tratamento, poderá ter de fazer mudanças no seu estilo de vida. Pode ler sobre destas mudanças na secção Adaptar o estilo de vida. No entanto, também deve falar com a sua equipa de cuidados de saúde, uma vez que poderá ter recomendações específicas para as mudanças que deve implementar.

Quais as mudanças que devo implementar no meu estilo de vida, agora que tenho o diagnóstico de insuficiência cardíaca?
O seu médico poderá recomendar mudanças para implementar no seu estilo de vida. Poderá também recomendar um nutricionista que irá ajudá-lo a implementar mudanças na sua alimentação e um fisioterapeuta que poderá sugerir uma atividade física adequada ou a participação num programa de treino ou atividade.

Com que frequência tenho de ser vigiado?
Isto dependerá do plano de tratamento recomendado pelo seu médico. O médico poderá igualmente encaminhá-lo para um enfermeiro, nutricionista, fisioterapeuta, grupo de apoio, etc., da especialidade para consultas regulares.

Qual a quantidade de líquidos que devo ingerir diariamente?
É importante controlar a quantidade de líquidos que bebe para minimizar a retenção de água e sal que normalmente ocorre na insuficiência cardíaca. O seu nutricionista ou enfermeiro poderá recomendar a quantidade de líquidos e sal que deve ingerir e o seu médico poderá propor um tratamento com diuréticose explicar como pode ajustar o tratamento, em caso de agravamento dos sintomas. Lembre-se de que os líquidos podem ser ingeridos de várias formas, incluindo em muitos comidas como sopas e guisados.

Que tipo de exercício físico devo praticar e em que quantidade?
Embora seja importante manter-se ativo para a gestão do seu estilo de vida, deverá certificar-se de que não abusa e leve o seu tempo a fazê-lo. Deve evitar ficar com pouco fôlego durante qualquer atividade. O seu médico poderá dizer-lhe quais as melhores atividades para começar e as atividades que deve evitar. O seu médico também poderá ajudá-lo a entrar em contacto com um centro de reabilitação cardíaca local, para que possa participar em programas de treino de baixa intensidade.

Recomendam algum medidor de pressão arterial?
Estão disponíveis vários medidores de pressão arterial, mas nem todos foram testados em termos de precisão. O seu médico ou farmacêutico poderá indicar-lhe os medidores cuja precisão foi comprovada e ajudá-lo a confirmar se está a utilizar o medidor corretamente.

Quais os valores que a minha pressão arterial e frequência cardíaca devem ter?
Se medir frequentemente a pressão arterial e a frequência cardíaca, é importante saber quais são os valores considerados normais. Normalmente, os medicamentos para a insuficiência cardíaca destinam-se a baixar a pressão sanguínea e reduzir a frequência cardíaca. Poderá registar as medições e dizer ao seu médico se notar alterações significativas.

Posso viajar de avião?
Normalmente, viajar de avião não é um problema para as pessoas com insuficiência cardíaca. No entanto, os sintomas devem estar estabilizados antes de viajar. Se tiver um dispositivo, deve mencioná-lo aos controlos de segurança, porque poderá ser detetado nos alarmes de segurança.
Os controlos de segurança não interferem em forma alguma no funcionamento do dispositivo. 

Quando é que devo ser vacinado contra a gripe ou pneumonia?
O seu médico poderá dizer-lhe se necessita da vacina contra a gripe ou pneumonia e com que frequência.

O que devo fazer se pensar que a minha insuficiência cardíaca está a agravar e tiver mais sintomas?
Esta é uma pergunta importante para falar com o seu médico. Consulte a secção Sinais de aviso deste website. Se, por exemplo, pensar que a sua respiração está a agravar-se gradualmente ou constatar um aumento de peso progressivo, deve contactar o seu médico ou enfermeiro e marcar uma consulta o mais rapidamente possível. Se os sintomas agravarem rapidamente e forem acompanhados de falta de ar em repouso, frequência cardíaca rápida ou dor torácica, deverá procurar imediatamente atenção médica urgente e contactar os serviços de emergência.