Os medicamentos e os dispositivos desempenham um papel importante no tratamento da insuficiência cardíaca, na medida em que podem ajudar a estabilizar a doença.

A maioria das pessoas com insuficiência cardíaca precisa de tomar vários medicamentos para obter os melhores resultados, o que pode tornar-se confuso, especialmente se tiver outras doenças que necessitam de tratamento com outros medicamentos. A utilização de uma tabela de medicamentos pode ajudar a controlar os medicamentos que tem de tomar e quando. Esta tabela também o ajudará a controlar quando será necessário repor os medicamentos que poderão vir a estar em falta.

É comum que o médico aumente a dose dos medicamentos, mesmo que se sinta melhor depois de iniciar o tratamento, na medida em que a maioria dos medicamentos para a insuficiência cardíaca resulta melhor em determinadas doses, que têm de ser aumentadas gradualmente. O seu médico prescreve medicamentos para fazê-lo sentir-se melhor a curto prazo, mas também para ajudar a tratar a doença subjacente e melhorar a saúde de um modo geral a longo prazo. Por conseguinte, é importante que tome todos os medicamentos de acordo com a dose prescrita, mesmo que esteja a sentir-se melhor.

Por vezes, poderão ocorrer efeitos secundários devido aos medicamentos, que podem ser ligeiros, não causando demasiado incómodo, ou mais fortes e afetá-lo bastante. É muito importante que informe imediatamente o seu médico ou enfermeiro se suspeitar de quaisquer efeitos secundários devido aos medicamentos. Poderá ser necessário reduzir a dose ou alterar ou interromper o tratamento. Geralmente, o seu médico ou enfermeiro pode ajudar a gerir sintomas desagradáveis e fazer com que se sinta melhor, através de técnicas simples a implementar na toma dos medicamentos (por exemplo, intercalar os horários da toma de alguns medicamentos ou tomar um medicamento específico à refeição ou ao deitar).

Do mesmo modo, poderá ser necessário ajustar periodicamente os dispositivos. Deve contactar o seu médico se tiver sintomas que possam estar relacionados com o dispositivo. Normalmente, estes problemas podem ser resolvidos modificando eletronicamente o programa do dispositivo.

Para obter mais informações sobre a gestão dos medicamentos, assim como sugestões úteis para se lembrar de os tomar, clique aqui.

Para obter mais informações sobre os tipos de medicamentos utilizados na insuficiência cardíaca, clique aqui.