Um testamento vital é um documento legal, que permite a uma pessoa, que possa eventualmente ficar impossibilitada de participar nas decisões sobre os seus próprios cuidados médicos, exprimir antecipadamente os seus desejos em relação a tratamentos de suporte de vida. O testamento vital orienta a equipa médica e permite que o doente estabeleça limites sobre o que pode ser feito em determinadas situações. O testamento vital pode ser personalizado, incluindo declarações específicas sobre a utilização de tratamentos médicos aplicáveis ao seu estado, por exemplo reanimação cardiopulmonar (CPR), ventilação mecânica e cirurgia.

Como o testamento vital é um documento legal, tem de ser preparado com a ajuda de um advogado. À medida que o seu estado de saúde muda, é importante rever as decisões que indicou no testamento vital e garantir que refletem os seus desejos atuais.

Voltar à secção Planear o fim da vida