A falta de ar é um sintoma comum em muitas pessoas com insuficiência cardíaca. Deve monitorizar a sua respiração e estar atento a quaisquer alterações. Por exemplo, poderá notar que no espaço de alguns dias consegue andar menos antes de ter falta de ar. Além disso, poderá notar o agravamento da falta de ar no período da noite e quando está deitado. Poderá precisar de mais almofadas para sustentar o tronco e, neste caso, para facilitar a respiração.

A falta de ar ocorre devido à acumulação de sangue nos vasos sanguíneos que levam o sangue dos pulmões para o coração, porque o coração não está a bombear o sangue para fora do coração de forma eficaz. Isto provoca o extravasamento de líquido para os pulmões, também designado por congestão.

Se sentir falta de ar GRAVE e persistente, deve pedir imediatamente tratamento de emergência. Se a falta de ar aumentar e tolerar cada vez menos atividade, deve contactar o seu médico ou enfermeiro para pedir aconselhamento.