Clique no título do vídeo abaixo para selecionar.

 

Sexo masculino, diagnóstico aos 37 anos

Explica como descansa regularmente para lidar com o cansaço.

 

Sexo feminino, diagnóstico aos 49 anos

Não permitiu que a insuficiência cardíaca afetasse a sua vida e continua a viver normalmente.

 

Sexo feminino, diagnóstico aos 55

Descreve como demorou alguns meses a recompor-se deste "contratempo".

 

Sexo feminino, diagnóstico aos 61 anos

Descreve como se sentiu quando a filha lhe disse que ela estava a fazer demasiadas tarefas pelo marido.

 

Sexo masculino, diagnóstico aos 64 anos

Richard conta como as suas atividades diárias agora são realizadas a um ritmo mais lento.