© DIPEx (www.healthtalkonline.org)

Um excelente médico especialista disse-me que tenho um batimento cardíaco extensivamente irregular e quando digo extensivamente, refiro me ao tempo. Em outras palavras, a maior parte das vezes é muito irregular, mesmo com Sotalol. Há alguns anos, quando o conheci pela primeira vez, penso que há seis anos, disse-me que ter palpitações significava que as câmaras do coração não expeliam corretamente o sangue e que havia o risco de formação de coágulos sanguíneos e esta era uma situação extremamente perigosa e por ai além. Mas agora disse-me que a investigação mais recente demonstrou que na verdade, não acontece assim, não é realmente importante e que ter um batimento cardíaco irregular não é necessariamente tão mau como se pensava. E honestamente, não noto isso.

Se ficar stressado ou alguém me irritar, consigo sentir o batimento. Sinto um comportamento irregular do coração. E também diria que, se me sentir desconfortável, se estiver um dia muito quente e tiver de ficar de pé no metro ou algo parecido (que graças a Deus já não preciso de fazer mais), então notaria isso. O resto do tempo ignore-o. Por vezes, sinto e penso, “Uau!” e imediatamente digo, “Sim, ainda está a bater!”. Mas é realmente muito irregular.