© DIPEx (www.healthtalkonline.org)

Sei que posso morrer a qualquer momento. Sei que posso não estar aqui amanhã. Tentei pensar nisso, é algo mental. Organizei o meu próprio funeral, paguei o mesmo, e tentei organizar os meus assuntos para a pessoa que cuidar do meu património não ter quaisquer problemas. Organizei os meus assuntos financeiros numa ordem simples e não me preocupo com o futuro. Fiz tudo o que posso possivelmente fazer e lidar com essa eventualidade quando acontecer, quer aconteça amanhã, quer daqui a três anos ou quem sabe.

O meu médico diz que sou o seu doente estrela! Para mim, isto é encorajador. Não sei realmente se sou ou não o seu doente estrela, mas levantou-me o moral ao ponto de agora ter de fazer jus a isso!

Não estou preocupado com o futuro. Não tenho medo da morte. Tenho medo de morrer e há uma diferença. Quero dizer, se for para a cama uma noite e não acordar de manhã, esta seria a forma que gostaria que acontecesse. Tão simples como isso, como virar uma página.