A sua insuficiência cardíaca é considerada uma doença crónica, tendo em conta que é provável que receba tratamento a longo prazo para a mesma. É possível que tenha mais doenças crónicas. Isto poderá significar que tem de tomar medicamentos ou implementar alterações no seu estilo de vida para além dos aconselhados pelo médico, no âmbito da gestão da insuficiência cardíaca.

É importante gerir as outras doenças crónicas o melhor possível, caso contrário podem agravar a insuficiência cardíaca. Gerir várias doenças pode ser um desafio, pelo que deve manter o seu médico e enfermeiro informados sobre as suas doenças crónicas e respetivos tratamentos, para assegurar que obtém os melhores resultados. Isto é particularmente importante se tiver mais de um médico para as diferentes doenças.

As seguintes doenças são normalmente diagnosticadas a doentes com insuficiência cardíaca.

  • Pressão arterial elevada (hipertensão)
  • Ritmo cardíaco irregular como Fibrilhação Auricular
  • Doenças pulmonares como asma ou doença de obstrução das vias respiratórias,
  • Problemas da tiroide
  • Artrite, dores articulares e musculares
  • Diabetes
  • Anemia
  • A depressão é muitas vezes um grande problema na insuficiência cardíaca sintomática e deve ser discutida em conformidade com o seu profissional de cuidados de saúde.