A insuficiência cardíaca é uma doença grave em que o coração não bombeia sangue para o corpo tão bem quanto deveria. Isto significa que o sangue não consegue fornecer nutrientes e oxigénio suficientes ao organismo, para que este funcione normalmente. Isto, por exemplo, poderá fazer com que se sinta cansado ou fatigado. Também significa que não consegue eliminar corretamente resíduos, levando à acumulação de líquido nos pulmões e noutras partes do corpo, como nas pernas e no abdómen.

Normalmente, a insuficiência cardíaca desenvolve-se porque tem (ou teve) um problema de saúde que afetou o coração, como a doença das artérias coronárias, um ataque cardíaco ou pressão arterial elevada, que deixou lesões ou esforçou demasiado o coração. Estas são as razões mais comuns para o desenvolvimento de insuficiência cardíaca. No entanto, existem muitos outros fatores que causam a insuficiência cardíaca, incluindo hipertensão arterial, doença das artérias coronárias, valvuloplastia, doença do músculo cardíaco e arritmias.

A insuficiência cardíaca pode desenvolver-se em qualquer idade, mas torna-se claramente mais comum com o avançar da idade. Cerca de 1% das pessoas com menos de 65 anos sofrem de insuficiência cardíaca, 7% das pessoas com idades entre os 75 e os 84 anos têm insuficiência cardíaca e isto aumenta 15% nas pessoas com mais de 85 anos. É a causa mais comum de internamento em doentes com mais de 65 anos de idade.

Embora seja designada por "insuficiência" cardíaca, não significa que o coração vai parar de funcionar. Significa que o coração tem dificuldade em funcionar para corresponder às necessidades do organismo (especialmente durante as atividades).