Um eletrocardiograma, ou ECG, é um exame que regista a atividade elétrica e rítmica da condução elétrica do coração. É esta atividade elétrica que provoca a contração do coração. Assim, ao medi-la, é possível identificar problemas no ritmo ou na frequência cardíaca. Um ECG é indolor e só demora cerca de 5 minutos. São colocados vários adesivos pequenos nos punhos, tornozelos e peito. Estes adesivos estão ligados a fios que, por sua vez, estão ligados a uma máquina de registo. A máquina não aplica choques elétricos, nem afeta o coração de forma alguma. A máquina regista alguns batimentos em papel. O seu médico avaliará o registo para detetar:   

  • se existem quaisquer problemas no ritmo cardíaco
  • se teve um ataque cardíaco recentemente ou há muito tempo
  • se houve redução do fornecimento sanguíneo (isquemia)
  • se o coração está a funcionar sob esforço
  • se o coração está dilatado.

Normalmente, os médicos pedem um registo de 24 horas do ECG para detetar distúrbios no ritmo cardíaco. Usará um pequeno dispositivo, que se assemelha a uma mini máquina de ECG, para registar a atividade cardíaca com os mesmos adesivos ligados ao tórax. Utilizará este dispositivo durante um dia e deverá tentar fazer a sua vida normal durante o registo.

Voltar à secção Exames comuns para detetar a insuficiência cardíaca