Estudos revelam que as pessoas com insuficiência cardíaca que têm um forte apoio emocional e social conseguem gerir melhor a doença e ter uma atitude mais positiva em relação à vida. Contudo, é importante não esquecer que somos todos indivíduos com necessidades e capacidades distintas. A boa notícia é que se sofre de insuficiência cardíaca existem diversas fontes de apoio que pode considerar.

Estas incluem:

  • O seu cônjuge ou parceiro ou principal prestador de cuidados

Esta pessoa é normalmente quem está mais próximo de si e quem pode oferecer um apoio considerável em todos os aspetos da sua vida com insuficiência cardíaca.

  • Familiares e amigos

Por vezes poderá preferir falar com amigos ou familiares sobre certos assuntos relacionados com a insuficiência cardíaca, porque não quer sobrecarregar o seu parceiro com todas as suas necessidades ou preocupações.

  • Médico, enfermeiro ou equipa médica

Para além de serem responsáveis pelo tratamento da sua insuficiência cardíaca, os médicos e enfermeiros podem dar-lhe informações sobre apoio emocional, que poderá estar disponível através de acompanhamento psicológico, e sobre apoio social, que estará disponível através dos serviços sociais. Clique aqui para obter mais informações sobre as pessoas que podem estar envolvidas nos seus cuidados.

  • Grupos de apoio na insuficiência cardíaca

Algumas pessoas consideram útil falar sobre os seus sentimentos e problemas com outras pessoas que tenham problemas e experiências semelhantes. No entanto, os grupos de apoio não se destinam a todos os casos, pelo que não deve sentir-se mal se tentar participar e achar que não é bom para o seu caso. Existem muitas outras fontes de apoio disponíveis para si.

  • Informações na Internet

Cada vez mais informações de saúde podem ser encontradas na Internet em websites tais como este que está a ler. Estes websites podem ser uma excelente fonte de informação e apoio para lidar com a insuficiência cardíaca. São também um excelente recurso para ajudar a informar o seu parceiro, familiares e amigos. É melhor consultar websites de organizações conceituadas.

Para obter ligações a alguns websites úteis, clique aqui.