Se tem insuficiência cardíaca, significa que o seu coração tem dificuldade em bombear o sangue para o corpo. Isto pode acontecer por vários motivos. Normalmente, a insuficiência cardíaca desenvolve-se porque tem (ou teve) um problema de saúde (por exemplo, doença das artérias coronárias, ou ataque cardíaco/enfarte do miocárdio) que deixou lesões ou esforçou demasiado o seu coração (por exemplo, pressão arterial elevada).

Estas lesões ou esforço extra pode afetar a função de aperto (contração) ou enchimento (relaxamento) do coração e, frequentemente, ambas.

Se o seu coração não contrai como deveria, não conseguirá bombear sangue suficiente nos ventrículos e para fora do coração. Se o seu coração não consegue esvaziar e relaxar completamente, menos sangue irá entrar no coração e, por isso, menos sangue poderá ser bombeado para fora do coração.

A insuficiência cardíaca tem dois efeitos principais. Em primeiro lugar, não está a ser fornecido sangue suficiente ao seu corpo, o que pode causar fadiga. Em segundo lugar, o sangue acumula-se enquanto espera para entrar no coração. Esta acumulação de sangue provoca o extravasamento de líquidos para fora dos vasos sanguíneos e para os tecidos circundantes. Isto provoca acumulação de líquidos (normalmente nas pernas e no abdómen) e congestão nos pulmões.

Inicialmente, o seu corpo tentará adaptar-se e tentar compensar o fraco bombeamento do coração debilitado. No entanto, estas adaptações só compensam durante um período limitado e, a longo prazo, podem mesmo enfraquecer ainda mais o seu coração.

Clique aqui para saber como o seu coração e organismo se adaptam para tentar responder às necessidades do seu corpo.