Controlar o consumo de líquidos pode ser importante para doentes com insuficiência cardíaca.

Por que motivo é importante controlar os líquidos?

A retenção de água e sal conduz ao aumento de líquidos no sangue. O seu coração tem de se esforçar mais para empurrar esta quantidade acrescida de sangue pelo corpo. O excesso de líquidos pode ser empurrado para os pulmões, dificultando a respiração, para o abdómen dificultando a alimentação e a digestão da comida ou para as pernas.

Como pode controlar os líquidos?

O seu médico poderá prescrever medicamentos diuréticos para o ajudar a eliminar o líquido extra que está a acumular. Mas deverá ter cuidado para não substituir esta água bebendo mais líquidos.

O seu médico ou enfermeiro poderá recomendar a quantidade de líquidos que deve beber diariamente. Para a maioria dos doentes com insuficiência cardíaca, a recomendação varia entre 1,5 e 2 litros. Se o médico recomendar a redução do consumo de líquidos, isto significa que não deverá beber mais de 1,5 a 2 litros de água, sumo, cubos de gelo, café, leite, sopa, chá ou refrigerantes.

Principais sugestões para limitar a quantidade de líquidos:

  • utilize chávenas pequenas em vez de canecas
  • tente dividir a quantidade diária permitida pelo dia todo
  • tente beber líquidos muito frescos ou muito quentes - demora mais tempo
  • se estiver calor ou se tiver febre ou diarreia, deverá beber mais 100-300 ml.

Principais sugestões para quando tem sede:

  • chupe um cubo de gelo
  • reduza o consumo de bebidas com cafeína (incluindo café, chá e alguns refrigerantes)
  • reduza o consumo de bebidas alcoólicas
  • use cotonetes bucais à base de limão e glicerina
  • pastilhas
  • coma frutos congelados
  • junte sumo de limão ao seu chá ou água mineral.

Voltar à secção Ajustar a dieta