O que fazem

Anticoagulantes (também conhecidos por antitrombóticos) impedem a formação ou crescimento de coágulos sanguíneos. São importantes porque as pessoas com insuficiência cardíaca produzem coágulos sanguíneos no coração ou nos vasos sanguíneos.

Embora os anticoagulantes sejam referidos como diluentes do sangue, na verdade não permitem que o sangue flua mais livremente nos vasos sanguíneos. A função destes medicamentos é evitar que o sangue pare (e coagule) onde não deve.

A Varfarina é o anticoagulante mais comum e é tomado em comprimidos. A dose de varfarina varia de pessoa para pessoa. O seu médico ou enfermeiro irá medir a INR regularmente, especialmente durante o início do tratamento, para determinar qual a dose certa para si. É importante não esquecer nenhum comprimido nem tomar doses adicionais. Caso contrário, terá de informar o médico.

Por vezes poderá ser-lhe administrada uma injeção anticoagulante (normalmente algum tipo de heparina) em vez da varfarina, se estiver no hospital para realizar um procedimento médico ou se tiver dificuldades em engolir.

Efeitos secundários

Os anticoagulantes podem aumentar a tendência de hemorragia, normalmente visível sob a forma de nódoas negras. Contudo, o risco de hemorragia grave também é aumentado, embora seja baixo.

Principais sugestões

Deverá comunicar aos médicos, incluindo ao seu médico de família, ao dentista e ao farmacêutico que está a tomar varfarina. É útil ter consigo um cartão de alerta médico ou uma pulseira que informe as pessoas que está a tomar varfarina em caso de emergência.

Devido ao risco de hemorragia é importante que avise o seu médico imediatamente se notar sinais de hemorragia, incluindo nódoas negras sem explicação ou sangramento nas gengivas, nariz, trato urinário ou intestino.

Também conhecido por:

  • Varfarina

(Varfine®)

  • Acenocumarol/nicoumalona

(Sintrom®) 

  • Dalteparina sódica

(Fragmin®) 

  • Enoxaparina sódica

(Lovenox®) 

  • Fondaparinux

(Arixtra®)

  • Nadroparina

(Fraxiparina®)

  • Dabigatrano

(Pradaxa®)

  • Apixabano

(Eliquis®)

  • Rivaroxabano

(Xarelto®)

Voltar à secção Medicamentos para a insuficiência cardíaca